Perfumes falsos podem prejudicar sua saúde; aprenda a diferenciar

Anelaria




Perfume falso vale a pena?

Tudo que vale uma grana acaba ganhando versões falsificadas. Existem tênis falsos, roupas falsas e, claro, perfumes falsos. Mas enquanto o tênis e a roupa vão trazer mais consequências morais e éticas do que qualquer coisa (ok, um tênis de corrida falso vai te machucar, mas esperamos que você nem considere essa hipótese), os perfumes paralelos podem ser um grande erro. O motivo é simples: perfumes falsos prejudicam a sua saúde.

O avanço da tecnologia nos últimos anos fez com que os falsificadores passassem a copiar, além de embalagens e frascos, também os aromas mais famosos. Mas lembre-se que o o perfume é um produto químico e, por causa disso, mesmo a versão original já pode te causar dor de cabeça, enjoo ou algum tipo de alergia.

Os riscos à saúde dos perfumes falsos

Perfumes falsos podem prejudicar sua saúde

Produtos feitos sem controle de qualidade e com o objetivo de imitarem outros pelo menor custo, como perfumes falsos, são sempre perigosos. Pense que a composição de um produtos desses pode contar, por exemplo, com agentes nocivos adicionados para que a fragrância semelhante à original seja notada mais rapidamente.

Perfumes falsos feitos sem regulação podem trabalhar com fórmulas que contenham metais pesados e substâncias tóxicas. Entre os principais efeitos causados por elas estão irritações de pele, alergia, vermelhidão, descamação, manchas, espirros, coriza, coceiras, dor de cabeça e tontura.

Além disso, muitos fabricantes caseiros utilizam álcool combustível na produção de perfumes falsos. Ele é mais barato que o álcool desnaturado, geralmente usado pelos produtores oficiais, mas contém metanol. A substância é extremamente tóxica e pode provocar até cegueira se for usada por muito tempo.

Como diferenciar um perfume falso de um verdadeiro

Quer comprar um perfume verdadeiro, mas não sabe a diferença? Pense assim: se você comprar um perfume da mão de alguém sendo vendido sob o sol na rua, por exemplo, pode desconfiar – estar na rua já prejudicaria o conteúdo até de um perfume original. Mas se for uma compra feita pela internet ou uma loja grande, pode se atentar a esses pontos:

A embalagem pode dizer se um perfume é autêntico ou não

A embalagem – Veja se o celofane que envolve a caixa tem uma espessura boa e está dobrado perfeitamente, preso de maneira bem firme. Um celofane meia boca já é mal sinal. Uma vez aberto, o papel cartão deve ser de boa qualidade e projetado para proteger o frasco. Então se não tiver aquelas estruturas de cartão dentro que mantêm o frasco no lugar, desconfie.

O design – Erros na grafia do nome do perfume ou desenhos tortos já vão entregar a falta de autenticidade. O mesmo vale para frascos em formatos estranhos. Pesquise na internet os originais, se você não souber de cabeça. Aproveite e veja se as informações de fabricação (como o país onde ele foi feito) correspondem ao que consta na embalagem.

O frasco do perfume pode indicar se ele é falso ou verdadeiro

O frasco – São várias pistas aqui. Veja se a tampa do perfume não é simétrica em seus logos e formas (e se originalmente ela tiver sido projetada para ser). Depois, confira o número de série. Ele deve ser gravado na parte inferior do frasco (nunca colado) e tem que ser o mesmo que vem na parte inferior da caixa (também impresso, não colado). Por último, quaisquer imperfeições como desníveis ou asperezas no vidro do frasco devem ser observadas. Geralmente, eles são lisos e bem lapidados.

O líquido – Saiba a cor de seu perfume favorito, normalmente elas são bem suaves, sem corantes. Além disso, experimente chacoalhar o frasco levemente para ver o que acontece com as bolhas dentro dele. Em perfumes originais, elas vão demorar 10 ou 15 segundos para sumir. Nos falsos, vão desaparecer quase imediatamente.

Os aromas do perfume podem indicar se ele é falso ou não

O cheiro – Se você for mais expert, saberá que perfumes têm três camadas de aromas: notas de cabeça, notas de coração e notas de fundo. A ideia de um perfume original é que seu cérebro realmente perceba esses cheiros em três momentos diferentes, seguidamente. Um perfume falso, ao contrário, não terá toda essa complexidade. Se tiver todos os aromas, será de forma plana e misturados sem camadas definidas.

Perfume falso vale a pena?

A moral da história é que: não, não valem. Se você for fã de marcas de luxo, dos perfumes mais elogiados, mas não tem dinheiro para eles, fique de olho em promoções. Siga as lojas que vendem produtos oficiais, muitas colocam bons produtos a preços baixos com frequência.

Há ainda outra solução. Os melhores perfumes baratos custam bem menos do que os gringos e luxuosos e entregam tanto quanto. Então experimente novos cheiros, não vai se arrepender.

Anelaria

FACEBOOK | INSTAGRAM


Fonte: https://manualdohomemmoderno.com.br/perfume/perfumes-falsos-podem-prejudicar-sua-saude-aprenda-a-diferenciar

Compra garantida pelo Mercado Pago


  • Sem produtos na sacola.
Iniciar conversa
Se precisar, 🔥