Mochila de volta às aulas pós-pandemia: confira itens essenciais

Anelaria




A volta às aulas pós-pandemia começou na rede particular e, em breve, retornará na rede pública. 

Num primeiro momento, os alunos estudarão de maneira híbrida. O que significa que terão tanto aulas presenciais quanto remotas. 

Há toda uma discussão válida sobre o retorno das aulas.

Professores e funcionários estão vulneráveis – pois não estão contemplados no grupo prioritário desta primeira fase da vacinação. Ainda assim, muitos pais precisam da rede de apoio oferecida pela escola, pois trabalham no mesmo horário em que as crianças estariam estudando.

Ou seja, é um perigo para os trabalhadores e uma decisão difícil para os pais tomarem.

Quem pode manter as crianças em casa neste momento deve fazê-lo.

E quem não pode e vai mandar elas mesmo assim? É preciso pensar com atenção nos novos hábitos que vão fazer parte do cotidiano dos alunos.

E pensar na mochila de volta às aulas pós-pandemia 

Afinal, além dos itens de material escolar tradicionais, dessa vez, a lista terá mais alguns acessórios necessários para mantê-los em segurança. Você sabe quantas máscaras mandar na mochila? Álcool gel é uma responsabilidade da família? Apenas esses dois itens são suficientes?  

Imagem: Reprodução/Unsplash

Nunca foi tão difícil comprar o material escolar das crianças. 

“Aqui em casa, minha filha está radiante em volta à escola. Ela estava morrendo de saudades dos coleguinhas. Eu, por outro lado, sou pura apreensão”, conta Vânia Souza. 

Antes de pensar no que mandar na mochila, na casa da administradora o foco foi ensinar a respeito da importância do distanciamento. Entre outras coisas, a pequena Sofia ouviu que não deveria abraçar ou compartilhar o seu lanche com os amiguinhos.  

Se você tem uma criança que vai voltar a estudar, é importante fazer o mesmo que Vânia. Além disso, lembre-se de:

  • Mandar máscaras na mochila. O ideal é que além da que está no rosto, a criança tenha mais duas na mochila para trocar caso suje ou caia no chão;
  • Mandar um saquinho para guardar a máscara suja e evitar contato com o restante das coisas;
  • Conferir se a carteira de vacinação está em dia;
  • Garantir uma alimentação balanceada e boa hidratação para, consecutivamente, manter a imunidade alta;

Como será a volta às aulas em todas as cidades da região 

De acordo com a divulgação da Prefeitura de Santos, as escolas municipais terão totens de álcool em gel. Então, não é necessário enviar na mochila.

Como funcionará o sistema híbrido de ensino 

Também segundo informações da Prefeitura, as escolas atenderão 20% da capacidade por dia, durante até 4 horas. Ao fim da semana, todos os alunos serão atendidos. Sendo esse o calendário programado:

  • Jardim, pré-escola, fundamental I e II e EJA: início imediato, ou seja, dia  1º de fevereiro;
  • Jardim, pré e 1º e 2º anos: período de adaptação até 5 de fevereiro, com permanência de até 1h30;
  • Maternal I e II: entram no sistema híbrido em 22 de fevereiro (antes terão apenas aulas remotas);
  • Berçários I e II:  iniciam as aulas híbridas em 8 de março.

Alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA), terão aulas presenciais três vezes por semana, por até 3 horas por dia.  

Já para os professores, a jornada será duas vezes presencial e três remota – com exceção dos que atuam com a EJA, que farão o contrário. Profissionais com comorbidades ou maiores de 60 anos poderão atuar exclusivamente de maneira remota.



Anelaria

FACEBOOK | INSTAGRAM


Fonte: https://www.juicysantos.com.br/vida-013 Tic Brei/novidades-da-cidade/mochila-de-volta-as-aulas-pos-pandemia/

Compra garantida pelo Mercado Pago


  • Sem produtos na sacola.
Iniciar conversa
Se precisar, 🔥