Como funciona a telemedicina nas escolas? – Blog

Anelaria




3 minutos para ler

A reabertura das escolas em meio à pandemia da Covid-19 exige extrema atenção por todas as partes envolvidas – desde os indivíduos, como os pais, crianças e funcionários, até as instituições e governo. É preciso seguir à risca as instruções de biossegurança divulgadas pelo Ministério da Educação para minimizar os riscos de contágio.

Mas em um ambiente de tanto contato como a escola, o protocolo de distanciamento social, higienizar as mãos e superfícies e uso de máscaras faciais é o básico. Instituições de ensino que desejam dar um passo a mais e oferecer ainda mais estrutura de suporte para os pais, alunos, professores e funcionários têm na telemedicina uma grande aliada.

Continue lendo para entender melhor sobre como funciona a telemedicina nas escolas!

Atendimento médico via telemedicina

A telemedicina ganhou ainda mais destaque na pandemia do coronavírus por garantir o distanciamento social tão necessário. Porém, é interessante saber que antes mesmo dos acontecimentos de 2020, o modelo já havia se firmado como uma das maiores tendências da área da saúde no mundo todo.

A consulta online combina a atenção de um encontro presencial com a praticidade do mundo digital. E ter uma estrutura que oficializa e regulamenta os contatos virtuais entre os médicos e os pacientes é um grande diferencial, pois registra o histórico clínico com todas as medidas para a segurança de dados.

A Conexa Saúde é a maior plataforma independente de telemedicina da América Latina, com mais de 500 médicos registrados de mais de 30 especialidades diferentes, somando mais de 4,6 milhões de pacientes atendidos.  

Benefícios para pais, alunos, professores e funcionários

A Conexa oferece um produto completo para as escolas e tem como objetivo a condução dos casos suspeitos de Covid-19 e minimização dos riscos de contaminação e transmissão.

“Sabemos que nenhuma ação ou conjunto de ações isoladas tem sua ação 100% garantida contra qualquer tipo de risco, mas a implementação de várias intervenções coordenadas pode reduzir significativamente esse tipo de ameaça. Com o uso da plataforma de telemedicina, é como se cada escola tivesse seu ambulatório interno, um movimento tão importante que acreditamos irá se fortalecer além da pandemia”, destaca Guilherme Weigert, CEO da Conexa Saúde.

As escolas podem unir forças com a telemedicina para promover o bem-estar. Na  prática, isso significa que pais, alunos, professores e funcionários terão acesso à plataforma para fazer consultas médicas sob qualquer sinal de sintoma da Covid-19. Para casos de infecções confirmadas, também é muito importante garantir o devido acompanhamento da doença e suas possíveis complicações.

Gostou de saber mais sobre o funcionamento da telemedicina nas escolas durante a pandemia da Covid-19? Então siga a Conexa Saúde no Instagram para ficar sempre por dentro dos nossos conteúdos informativos!

Texto: Manoela Caldas.



Anelaria

FACEBOOK | INSTAGRAM


Fonte: https://blog.conexasaude.com.br/como-funciona-a-telemedicina-nas-escolas/

Compra garantida pelo Mercado Pago


  • Sem produtos na sacola.
Iniciar conversa
Se precisar, 🔥