Artroplastia de quadril: quais as causas e quais movimentos evitar?

Anelaria




Como uma das maiores articulações do corpo, o quadril está localizado entre o acetábulo, localizado no fim da pélvis, e a cabeça do fêmur, ficando responsável por fazer a ligação dessas duas partes, suportar o peso do corpo e proporcionar a movimentação sem atrito.

No entanto, justamente por ser uma articulação, está propícia a sofrer diferentes lesões e inclusive, a perda de lubrificação, sendo necessário procedimentos, como a artroplastia de quadril.

Aqui, vamos explicar o que é isso e quais são os cuidados durante a recuperação. Confira!

O que é a artroplastia de quadril?

A cirurgia para a substituição da articulação total ou parcial do quadril é chamada de artroplastia. Nesse procedimento são utilizados uma prótese de metal, de cerâmica ou de polietileno, sendo de responsabilidade do médico a escolha. É uma cirurgia bastante comum em idosos, a partir dos 68 anos.

Quais as causas mais comuns?

Existem muitos motivos para a necessidade dessa cirurgia, além disso, apesar de ser mais comum em pessoas idosas, jovens também estão propícios a ter lesões ou desgastes no quadril. Portanto, geralmente, as principais causas são:

  • artrite reumatoide;
  • artrose;
  • fratura no colo do fémur;
  • dor crônica;
  • incapacidade de se locomover;
  • e entre outros.

Quais movimentos devem ser evitados depois da artroplastia de quadril?

A cirurgia dura em média duas horas, mas pode se prolongar dependendo do nível do desgaste e das condições do paciente. Após o procedimento, o indivíduo precisa ficar entre três a cinco dias no hospital.

O pós-operatório exige fisioterapia de seis meses a um ano. Contudo, além desses cuidados, o paciente deve ter uma rotina diferente do seu habitual, limitando os seus movimentos para não deslocar a prótese. Entre as restrições, estão:

  • cruzar as pernas;
  • deitar de barriga para cima e abrir as pernas;
  • girar a perna com a prótese para dentro ou fora;
  • sentar em locais muito baixos;
  • deitar de lado em cima da perna operada;
  • subir ou descer degraus utilizando primeiro a perna com prótese;
  • dançar, apenas após dois meses de tratamento, além de estar sob orientação dos profissionais de saúde.

Qual é a importância do uso de sapatos ortopédicos para esse tipo de cirurgia?

Os sapatos ortopédicos são calçados feitos exclusivamente para proporcionar maior conforto e condições anatômicas para a pisada. Consequentemente, melhoram a distribuição de peso para os ossos dos membros inferiores.

É uma das únicas formas de garantir mais estabilidade no caminhar e, em casos cirúrgicos, auxilia no processo de recuperação. Principalmente, porque como sua sola tem mais flexibilidade, impede que as articulações sofram impactos. Sendo um importante auxílio para quem fez artroplastia de quadril.

Hoje, falamos sobre a artroplastia de quadril, essa importante cirurgia para substituir a articulação e auxiliar o indivíduo a ter uma vida com menos dor e maior mobilidade. Destacamos, como é importante seguir as recomendações dos médicos, fazer fisioterapia, tomar cuidado com movimentos bruscos e as restrições, pelo menos, até a recuperação.

Este texto foi útil para você? Quer saber mais sobre produtos órteses e as suas vantagens? Então, acesse o nosso post sobre tênis ortopédicos para caminhada!

Anelaria

FACEBOOK | INSTAGRAM


Fonte: https://doctorshoes.com.br/blog/saude/artroplastia-de-quadril/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=artroplastia-de-quadril

Compra garantida pelo Mercado Pago


  • Sem produtos na sacola.
Iniciar conversa
Se precisar, 🔥