8 coisas que você deve comprar

Anelaria




Ter uma casa do futuro não é algo que está tão distante assim. Aliás, a expressão “do futuro” está errada. Existem vários dispositivos e tecnologias acessíveis que já fazem uma casa ser mais smart. Então se você quer saber como ter uma casa inteligente, bem-vindo ao grupo.

Segundo estimativas da Associação Brasileira de Automação Residencial e Predial (Aureside), o número de casas inteligentes no Brasil hoje é algo entre 900 mil e 2 milhões. Isso se explica pelo aumento dos produtos smart disponíveis no mercado a um preço consideravelmente acessível. Apesar de projetos de automação completos custarem cerca de R$ 10 mil, a partir de R$ 500 já é possível ter uma casa de 100 m² mais inteligente.

O que é uma casa inteligente

Imagine chegar em casa e o café já estar pronto, o ar-condicionado ligado, a música rolando. A ideia de uma casa inteligente é que tudo funcione por conta própria, ou sob alguns comandos básicos seus.

Para isso, é preciso ter algo que concentre a configuração dos aparelhos inteligentes espalhados pela casa. Aí pode ser tanto um aplicativo para cada coisa que você controla do smartphone ou um dispositivo com assistente virtual que cuide de todas elas de maneira integrada. Os mais famosos nesta segunda opção são o Amazon Echo, com sua assistente Alexa; o Google Assistant; e o Homekit da Apple, usado com a Siri.

Uma casa inteligente, portanto é a que tem produtos “smart” como lâmpadas, câmeras de segurança, plugues de tomada, fechaduras de porta, sensores de movimento, aspiradores de pó, etc. conectados aos assistentes virtuais. A Alexa, por exemplo, permite configurar ações em cascata para serem executadas pelo comando de voz desejado ou em determinada hora do dia.

Vamos então por partes para saber o que comprar para ter uma casa inteligente e como cada coisa dessas funciona

Assistente virtual

Echo (3ª Geração)

O item mais popular da lista é o chamado smart speaker. É o primeiro passo para uma casa inteligente, pois funciona como um assistente virtual ativado por comandos de voz, gerenciando tarefa e ativando os aparelhos.

No mercado brasileiro temos a Alexa e o Google Assistant. Ambos conseguem programar lembretes, tocar o podcast do MHM no Spotify, fazer ligações e comandar eletrodomésticos por voz. Os auto falantes inteligentes da Amazon, com a Alexa, são os mais populares, mas o Google Nest Mini já começou a fazer sucesso e o HomePod, da Apple, também. Os preços variam entre R$ 200 e R$ 800.

Hub

Crédito: Reprodução

Certifique-se que seus smart speakers tenham a função infravermelho para controlar os eletrodomésticos. Se não tiverem, será preciso um segundo dispositivo para que a ativação por voz funcione: um controle infravermelho.

Também chamado de controle universal ou hub, ele se conecta com os eletrodomésticos que não são smart. Você ativa um comando com a Alexa ou Google Assistant, eles repassam a ação para o hub e ele manda para os eletrônicos da casa com o infravermelho. Por cerca de R$ 100 reais você compra um desses.

Lâmpadas inteligentes

Como ter uma casa inteligente: compre uma lâmpada smart

O jeito mais fácil e barato de começar a automatizar sua casa são as lâmpadas inteligentes. Geralmente de LED RGB, elas permitem a escolha de diversos tons e têm graduação entre quente e frio.

Para isso, é preciso comandar a lâmpada inteligente pelo app específico para smartphone ou integrá-la aos assistentes virtuais. Os preços de lâmpadas inteligentes começam a partir de R$ 90.

Interruptores inteligentes

Interruptores inteligentes podem deixar sua casa smart

Uma opção para não precisar trocar as lâmpadas de casa é apostar nos interruptores inteligentes. Eles fazem a mesma coisa e têm funcionalidades de controle por voz, além de funcionarem com Wi-Fi. Também podem ser controlados pela Alexa ou pelo Google Assistant, sem depender do infravermelho.

A diferença, contudo, é a instalação. Enquanto as lâmpadas são fáceis de instalar e colocar para funcionar, os interruptores precisam de conexão direta com a fiação. Então cuidado, opte por mão-de-obra especializada. Um interruptor inteligente pode sair por R$ 130 ou mais.

Tomadas inteligentes

Tomadas inteligentes para deixar sua casa smart

Um truque mais barato se você não tem dinheiro para eletrodomésticos smart é optar por tomadas inteligentes. Elas funcionam como um adaptador para as tomadas dos aparelhos eletrônicos que não têm suporte para assistentes pessoais.

Ao conectar qualquer eletrodoméstico em uma tomada inteligente, você pode ligar e desligar a fonte de energia diretamente no app do celular e monitorar o consumo. E, claro, também pode fazer isso usando assistentes virtuais. Os preços ficam em torno de R$ 100.

Eletrodomésticos smart

Geladeira smart da Samsung

Aqui é onde o maravilhoso mundo das casas inteligentes perde os limites. Muitos fabricantes têm apostado em tecnologias integradas e possuem linhas de aparelhos inteligentes. A Samsung, por exemplo, já vende no Brasil TVs, lavadora de roupas e até geladeira. As tecnologias variam bastante, indo desde telas na porta da geladeira para escrever lembretes e listas de compras até suporte para Alexa ou Google Assistant.

O mais famoso desses produtos ultimamente é o aspirador de pó robô. As versões smart do aparelho cariam entre R$ 1500 e R$ 5000, com diferentes recursos e potências. Se ele tiver controle remoto, poderá ser controlado por um hub. ou pelo comando de voz da Alexa ou do Google Assistant. Os melhores permitem mapear o ambiente, voltar para a base sozinhos quando a bateria está acabando e até programar horários para a faxina automática.

Fechaduras inteligentes

Uma smart lock - ou fechadura inteligente

Sim, é tipo hotel. Chamadas de smart locks, essas fechaduras podem ser destrancadas por biometria, senha ou cartões, dependendo do modelo. Muitas permitem a abertura ou fechamento pelo smartphone e algumas têm alarme de segurança integrado, para casos de arrombamento ou de seguidas tentativas erradas de inserção da senha.

São muitas opções no mercado, então veja qual a que funciona melhor para você. Algumas demandam fonte de energia via rede elétrica. Outras têm bateria própria. Os preços também flutuam, indo dos R$ 500 aos R$ 2.000.

Câmeras inteligentes

Como ter uma casa inteligente: câmeras smart

Se você tem bebês, animais ou idosos em casa e quer checar como eles estão, ou apenas se preocupa com segurança, as câmeras inteligentes podem ajudar. A maioria têm acesso direto do smartphone, sensores de movimento e podem disparar alarmes automaticamente em algumas circunstâncias programáveis.

Há kits que vendem juntos câmera de segurança, sensor de movimento e até sensor de abertura de portas, gavetas e armários. Tudo pode ser controlado pela Alexa ou pelo Google Assistant, fazendo monitoramentos no smartphone. A partir de R$ 250 é possível encontrar uma boa câmera smart.

Anelaria

FACEBOOK | INSTAGRAM


Fonte: https://manualdohomemmoderno.com.br/casa-decoracao/como-ter-uma-casa-inteligente-8-coisas-que-voce-deve-comprar

Compra garantida pelo Mercado Pago


  • Sem produtos na sacola.
Iniciar conversa
Se precisar, 🔥